CÂMARA APROVA PROJETO DE DENOMINAÇÃO DA QUADRA DE BASQUETE DA FEICAP DE JULIO CESAR SCHIMITT – O CASARÃO 🏀

por Cristiane Bertaluci — publicado 13/11/2019 10h35, última modificação 13/11/2019 10h34
🏀⛹️O PROJETO DE LEI LEGISLATIVA que denomina a quadra de basquete existente no Parque de Exposições Egon Júlio Goelzer - Feicap de Quadra Municipal de Basquete Julio Cesar Schmitt – O Casarão, de autoria do vereador Willian Heineck (Tocha Willian Matheus) foi aprovado por unanimidade na sessão ordinária realizada ontem, 11 de novembro, sob a presidência do vereador Vinicius Araujo Araújo.

 

🏀⛹️O PROJETO DE LEI LEGISLATIVA que denomina a quadra de basquete existente no Parque de Exposições Egon Júlio Goelzer - Feicap de Quadra Municipal de Basquete Julio Cesar Schmitt – O Casarão, de autoria do vereador Willian Heineck (Tocha Willian Matheus) foi aprovado por unanimidade na sessão ordinária realizada ontem, 11 de novembro, sob a presidência do vereador Vinicius Araujo Araújo.

Júlio, o Casarão, era múltiplo atleta, jogou basquete, handebol, voley e futebol. Mas nos altos de seus 1,91m de altura se destacou mesmo nos jogos de basquete. Foi atleta do Atenas, time de basquete da cidade de Três Passos, e o número 11 que ele usava, foi aposentado e não é mais utilizado no time, sendo imortalizado em sua homenagem.

Faleceu no dia 13 de outubro de 2014 aos 46 anos de idade devido à a um acidente de trânsito ocorrido na BR 468 próximo ao trevo de campo Novo.

Ontem no dia 11 de novembro de 2019, o camisa 11 do time do Atenas, foi homenageado na Câmara, e teve o seu nome, imortalizado com a denominação da Quadra de Basquete Julio Cesar Schimitt – O Casarão.

CONFIRA O PROJETO NA ÍNTEGRA AQUI

Foram aprovados também os seguintes projetos de lei:

✅PROJETO DE LEI Nº 93/19 – Autoriza o Poder Executivo a proceder na alienação onerosa dos bens imóveis de propriedade do Município de Três Passos.
Os bens são 10 terrenos sem edificação, os quais são inservíveis, demandando manutenção onerosa por parte do Poder Público.

✅PROJETO DE LEI Nº 90/19 – Altera a lei municipal nº 3.289, de 1997, que trata sobre o Fundo Municipal de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais de Três Passos – FAPER.

O FAPER atende aos pequenos agricultores, por meio de pequenos financiamentos no montante equivalente a 350 sacas de milho, podendo o pagamento ser convertido em quilogramas, litros ou outro objeto, o que gera dificuldades ao Setor de Finanças e de Contabilidade da Prefeitura Municipal, haja vista a necessidade de atualização mensal dos valores das dívidas.
Com a alteração, o pagamento do financiamento por parte dos agricultores dar-se-á em até 36 parcelas fixas mensais, com previsão de até 6 parcelas de carência, em moeda corrente nacional.

✅PROJETO DE LEI LEGISLATIVA Nº 22/19 – Institui o turno único no serviço da Câmara Municipal de Vereadores, das 7h às 13h, no período compreendido entre 1º de dezembro de 2019 até 29 de fevereiro de 2020.

A suplente Dorilda Sartori assumiu a cadeira de vereadora, pertencente a coligação PMDB/PDT/PP/PPS, pelo período de 11 a 25 de novembro, no lugar do vereador Ivo Zugel que requereu licença saúde.

Assumirá também, de 14 a 20 de novembro, a cadeira pertencente a coligação PTB/PSD o vereador Alfredo Cavalheiro – Alfredinho, no lugar do vereador Ido Rhoden que requereu licença saúde.


Usaram o espaço do grande expediente os vereadores: Marli Franke, Arlei Tomazoni, Edivan Baron, Vinicius Araujo, Jair Locatelli, Maria Helena Krummenauer e Rosani do Nascimento.

 

INDICAÇÕES, sugerindo ao Senhor Prefeito Municipal a adoção das seguintes medidas:


- A regulamentação da disposição de restos mortais de pessoas que foram cremadas, bem como a construção de um columbário, espaço destinado a urnas contendo as cinzas provenientes da cremação de cadáveres.

- A instalação de uma academia de ginástica ao ar livre ao lado da Escola Municipal Guia Lopes, Distrito da Floresta, para ser utilizada pelos associados do grupo de idosos e demais pessoas da comunidade.

 

Também foi encaminhado ofício ao Presidente da Assembleia Legislativa do Estado, contendo manifestação contrária desta Casa Legislativa em relação aos projetos alcunhados pelo Executivo Estadual de "reforma estrutural", que compreendem alterações no Plano de Carreira do Magistério Público, no Estatuto do Servidor e no Regimento Próprio de Previdência Social do Estado, porque, principalmente, prejudicam a categoria dos trabalhadores em educação.