Contratação emergencial de farmacêutico será analisado pelas Comissões Permanentes

por Cris Bertaluci publicado 15/12/2016 12h53, última modificação 15/12/2016 12h53
A contratação emergencial de um profissional farmacêutico para atuar na vigilância sanitária, fiscalizando as farmácias e a laboratórios clínicos, é o projeto de lei que será analisado pelos vereadores na reunião das Comissões Permanentes desta quinta-feira, 15 de dezembro, a partir das 13h.
A contratação emergencial de um profissional farmacêutico para atuar na vigilância sanitária, fiscalizando as farmácias e a laboratórios clínicos, é o projeto de lei que será analisado pelos vereadores na reunião das Comissões Permanentes desta quinta-feira, 15 de dezembro, a partir das 13h.
 
A contratação emergencial justifica-se pelo fato de que o Conselho Regional de Farmácia não permite que o profissional farmacêutico concursado da Prefeitura Municipal realize também a função de fiscalização.
 
Assim sendo, a contratação se dará pelo período de 60 dias com carga horária de 20 horas.
Em seguida será realizada sessão plenária extraordinária para realizar a votação deste projeto.