História do Cine Teatro Globo foi destaque da Tribuna Popular

por Cris Bertaluci publicado 12/04/2016 14h11, última modificação 12/04/2016 14h11
o dia 11 de abril de 2016, sob a Presidência do vereador Jorginho Dickel, foi realizada a sessão plenária semanal. O espaço da Tribuna Popular foi usado pelo Senhor Roberto Levy e seu filho, que falaram sobre a história dos 61 anos do cinema em Três Passos...

No dia 11 de abril de 2016, sob a Presidência do vereador Jorginho Dickel, foi realizada a sessão plenária semanal. 

O espaço da Tribuna Popular foi usado pelo Senhor Roberto Levy e seu filho, que falaram sobre a história dos 61 anos do cinema em Três Passos. 

Levy destacou que durante mais de 50 anos a Projeção utilizada no cinema era de 35mm; havia dificuldade em se conseguir filmes os quais eram buscados em Porto Alegre; após o lançamento de um filme, o mesmo demorava em torno de 2 a 3 meses para chegar em Três Passos; os filmes deveriam ser rebobinados, o que levava em torno de 2 horas cada; toda a apresentação de um filme deveria ser acompanhada da cabine. 

O cinema passou por diversas fases, começando pelos anos dourados, em que havia filas no cinema e eram exibidos diversos filmes durante a semana; posteriormente com o surgimento do VHS e DVD diminuiu consideravelmente o movimento, e, por fim, com a nova era digital houve a necessidade de atualização, uma vez que a projeção passou de 35mm para 75mm. 

Com a real possibilidade de extinção dos cinemas no país, os quais representam a história e cultura do povo brasileiro, o governo percebeu a necessidade de incentivá-los; para tanto ofertou financiamentos para a reformulação dos mesmos para a nova era digital.

 Hoje, o Cine Teatro Globo de Três Passos está totalmente equipado com o novo sistema digital, apresentando som e imagem de alta qualidade. Os filmes são apresentados na versão dublado e legendado, além de 2D e 3D, este último apresenta maior aproximação e profundidade da imagem.

O cinema quebrou diversos paradigmas, dentre eles a disponibilização dos filmes na semana do seu lançamento. 

Além da exibição de filmes, o Cine Teatro Globo é palco do festival de cinema que este ano estará em sua 3ª edição e do festival do rock, bem como demais eventos, tais como, festivais de dança, gravações de DVDs, palestras e formaturas.

 A família enfatizou que o sucesso do cinema vem fomentando o turismo e o comércio, sendo que a comunidade local e regional tem dado apoio e prestigiado eventos organizados em parceria com associações, escolas, prefeitura e outras entidades, apreciando a sétima arte.

 Seis projetos de lei deram entrada na Câmara de Vereadores e foram lidos na sessão:


- Projeto de lei complementar nº 3/16 – altera o Código de Obras do Município de Três Passos (Lei Municipal nº 3.210, de 27 de dezembro de 1995):

- em seu art. 105, acrescentando o § 4º, dispondo acerca da construção ou a projeção sobre os afastamentos; assim, fica como exceção a saliência projetada sobre o passeio, que, conforme o código de obras, atualmente, deve obedecer à cota mínima de 2,80 de altura;

- e em seu art.  108, alterando o inciso VIII e incluindo o inciso IV, o qual dispõe acerca do número mínimo de vagas para edificações.

                    

- Projeto de lei complementar nº 4/16 -  altera o Código Posturas do município de Três Passos (Lei Municipal nº 3.211, de 27 de dezembro de 1995), no caput do art. 248, e inclui o § 5º.Com a alteração, será permitida a localização de depósito de sucata e de desmonte de veículos em zona urbana mista, desde que sejam estritamente obedecidas as exigências estabelecidas. 

- Projeto de lei nº 30/16 – institui o Programa Municipal de Educação Fiscal no Município de Três Passos, objetivando sensibilizar a comunidade para a função socioeconômica dos tributos, além de levar conhecimento sobre administração pública, bem como incentivar o acompanhamento da aplicação dos recursos públicos.

 - Projeto de lei nº 31/16 - tem por objetivo declarar de utilidade pública o Centro de Defesa dos Diretos da Criança e do Adolescente – CEDEDICA. 

- Projeto de lei nº 32/16 - objetiva a abertura de crédito especial no valor de R$ 12.960,00, para contabilização de despesas decorrentes de convênio firmado com a Fundação Astrogilda e Osvaldo Bender. 

- Projeto de lei legislativa nº 5/16 – denomina a Rua Victoria Grimm Hartmann a atual Rua 19, trecho entre a Rua Imigrantes e o limite do perímetro urbano do Bairro Webers. 

Dois projetos de lei foram aprovados por unanimidade na sessão:

- Projeto de lei nº 18/16 – substitutivo: prevê a contratação emergencial de um orientador em desenvolvimento rural para atuar junto às escolas municipais do interior do nosso município, no Programa Semeando Educação e Saúde na Agricultura Familiar.

 - Projeto de lei nº 28/16 – Revoga a Lei Municipal nº 5.177, de 2016, uma vez que a contratação emergencial de merendeiras ainda se encontra vigente por meio da lei municipal nº 5.022, de 2014. 

O Projeto de lei legislativa nº 1/16 – substitutivo, que dispõe sobre a fixação do subsídio mensal dos Vereadores da Câmara Municipal de Três Passos para o período de 1º de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2020, teve a sua discussão e votação adiada, a pedido do vereador Escadinha, com a concordância dos demais vereadores.

 Foram solicitadas à Administração Municipal as seguintes providências:

- a instalação de dois redutores de velocidade na Rua Jangadeiros, Bairro Pindorama;

- a instalação de tomada de energia elétrica e de torneiras de água no Cemitério Municipal.