Você Sabia que o prédio da Câmara Municipal tem denominação?

por Cris Bertaluci publicado 24/10/2018 13h53, última modificação 24/10/2018 13h53
O prédio da Casa Legislativa de Três Passos foi denominado de “Câmara Municipal de Antonio Leutchuk”, através do decreto legislativo 03/09, tendo em vista que as instalações da mesma era local de residência do médico. Conheça sua história

O prédio da Casa Legislativa de Três Passos foi denominado de “Câmara Municipal de Antonio Leutchuk”, através do decreto legislativo 03/09, tendo em vista que as instalações da mesma era local de residência do médico.

Conheça sua história:

Antonio Leutchuk, filho dos imigrantes ucranianos Alexandre e Maria, nasceu em Santa Rosa - RS, em 20/10/1935. 
Em 1963 formou-se em Medicina pela UFSM, especializando-se em otorrinolaringologia (olhos, ouvidos, nariz e garganta). 
Adotou Três Passos como sua cidade a partir de 1964, onde trabalhou, lançou raízes, cultivou sonhos, cuidou de sua família - a esposa Maria Célia e as filhas Dúnya, Daniela, Adriana, Patrícia e Fernanda - destacando-se pela participação na vida comunitária. Cultivou inúmeras amizades.
Na área profissional era reconhecido nacionalmente. Atendia a todos, pautado por princípios de humanidade e solidariedade. Não raro, as consultas serviam para diálogos sobre assuntos do dia-a-dia, em especial a política.
Na juventude militou em prol das reformas sociais. Participou do Movimento da Legalidade, que conduziu João Goulart à Presidência da República. Preso, foi julgado e absolvido pela Justiça Militar por atividades políticas. Filiado ao MDB, depois PMDB, participou ativamente das ações contra a ditadura. 
Em 1984, liderou o movimento pelas eleições “Diretas Já” na Região Celeiro. Foi delegado do PMDB na convenção nacional que escolheu Tancredo Neves como candidato à Presidência da República. 
Em 1985, ajudou a fundar o Partido dos Trabalhadores - PT em Três Passos, no qual militou com entusiasmo. Apoiou a candidatura LULA em 1989. Incentivou a formação de novos quadros políticos e a militância partidária, sendo um dos principais líderes regionais do PT e integrante do Diretório Estadual. 
Em 1992, concorreu a prefeito de Três Passos. 
Foi fundador, 1º presidente e dirigente do Três Passos Atlético Clube – TAC. Era gremista apaixonado.
Incentivou ações de desenvolvimento cultural, sendo sócio fundador do Movimento Pró-Arte de Três Passos. Em sua chácara, na Canhada Funda, recebeu e abrigou artistas amadores e profissionais, proporcionando acesso ao mundo das artes a todos que lá conviviam. 
Antonio Leutchuk era um cidadão inquieto. Sempre buscava saber o pensamento das pessoas sobre diversos assuntos. Entusiasmado amante do diálogo e do debate, era incansável na luta por uma sociedade fraterna e justa, com respeito aos que dele discordavam. 
Falava com orgulho do presente que recebeu em dezembro de 2001: o título de Cidadão três-passense. 
Em 2003, devido à enfermidade, mudou-se para Porto Alegre, mas tinha Três Passos como sua cidade do coração. 
Faleceu em 21 de setembro de 2006.